Figurinista que denunciou José Mayer é chamada a depor

A figurinista Susllem Tonani, que denunciou o ator José Mayer por assédio sexual nos bastidores da novela A Lei do Amor, foi chamada a depor pela 32ª Delegacia da Polícia Civil do Rio, no bairro da Taquara, DP que é próxima aos Estúdios da Globo. Susllem tem até seis meses para se apresentar e fazer uma representação – documento que daria partida a uma ação penal contra o galã. Mas, como explica o delegado Rodolfo Waldeck, não é obrigada a fazê-lo, caso não queira levar o caso à Justiça. A figurinista ainda não procurou a polícia para marcar uma visita à delegacia.

“A vítima já foi contatada. É preciso que ela compareça e faça uma representação para que a gente possa prosseguir na investigação”, diz Waldeck. “Se ela optar por não fazer a representação, não há investigação.” O delegado lembra que casos de assédio e abuso só correm à revelia da vítima quando ela é menor de 14 anos.

Caso Susllem Tonani entre com uma ação penal contra José Mayer, o ator também será chamado a depor. O crime de assédio sexual se configura quando quem assedia ocupa posição hierárquica superior à da pessoa assediada e tira partido da situação – o que aconteceu na Globo. Se for condenado, José Mayer pode receber pena de até 2 anos de prisão.

O que você pensa sobre isso?

Deixe uma resposta